Quantcast
peoplepill id: bruno-borralhinho
BB
4 views today
3 views this week
Bruno Borralhinho

Bruno Borralhinho

Bruno Borralhinho
The basics

Quick Facts

Is Musician Cellist
From Portugal
Type Music
Gender male
Birth 1982
Age 39 years
Instruments:
Cello
Peoplepill ID bruno-borralhinho
The details (from wikipedia)

Biography

Bruno Borralhinho (Covilhã, 1982), é um violoncelista e maestro português.

Biografia

É membro da prestigiada Orquestra Filarmónica de Dresden [1] e director artístico do Ensemble Mediterrain [2].

Apresenta-se regularmente como solista com orquestra, em recitais a solo, com piano e de música de câmara, sendo importante destacar a interpretação integral das Suites para Violoncelo Solo de J. S. Bach com o violoncelo Montagnana que pertenceu a Guilhermina Suggia (2008), a integral da obra de Beethoven para Violoncelo e Piano com o Stradivari que pertenceu ao Rei D. Luís (2012) e a integral dos Concertos de Haydn com a Orquestra Clássica do Sul (2014, solista e direção). Orientou até ao presente Masterclasses em Portugal, no Brasil e em Espanha.

A diversificada actividade artística de Bruno Borralhinho inclui também a direcção de orquestra, tendo recebido importantes impulsos de Christian Kluttig, Jorma Panula e Juanjo Mena. Para além das frequentes apresentações como maestro à frente do seu Ensemble Mediterrain (DE), dirigiu a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Clássica do Sul, a Orquestra Clássica da Madeira, a Orquestra Clássica do Centro, a Orquestra de Câmara Portuguesa, a Filharmonie Bohuslava Martinu (CZ), a Orquestra Sinfônica do Paraná (BR), a Orquestra Sinfônica de Campinas (BR), a Deutsches Kammerorchester Berlin (DE) e a Berliner Symphoniker (DE).

Em 2009, lança o CD duplo "Página Esquecida" [3] com a pianista Luísa Tender e inteiramente dedicado à música erudita portuguesa, trabalho que recebeu as melhores críticas da imprensa nacional e internacional. Em 2016 foi lançado pelo selo discográfico NAXOS outro CD [4] de Bruno Borralhinho inteiramente dedicado à música portuguesa, desta vez acompanhado pela Orquestra Gulbenkian e pelo maestro Pedro Neves. Além de ter recebido excelentes críticas na imprensa nacional e internacional, este CD foi o vencedor do "5th Listeners' Choice Award" (2017) da The Violoncello Foundation (Nova Iorque, EUA), após uma votação pública mundial em que participaram ouvintes de 64 países.

Nasceu na Covilhã, onde estudou na Escola Profissional de Artes da Beira Interior com Luis Sá Pessoa (1995-2000) e com Rogério Peixinho (1994-1995). Estudou depois, entre 2000 e 2006, com Markus Nyikos na Universität der Künste de Berlim, onde concluiu a Licenciatura e a Pós-Graduação (Solista) com as máximas classificações. Posteriormente complementou a sua formação em Oslo com o violoncelista norueguês Truls Mørk (2006-2007). Bruno Borralhinho frequentou também Masterclasses com Natalia Gutman, Antonio Meneses, Pieter Wispelwey, Anner Bylsma, Jian Wang, Martin Ostertag, Martin Löhr, Márcio Carneiro e Thomas Demenga, e foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian entre 2001 e 2005.

Em 2011, concluíu um Master de Gestão Cultural na Universitat Oberta de Catalunya (Barcelona) e em Outubro do mesmo ano foi um dos participantes no Atelier for Young Festival Managers em Izmir (Turquia), organizado pela EFA - European Festivals Association. É actualmente Doutorando em Humanidades na Universidad Carlos III de Madrid.

Obteve o 1.º Prémio no Concurso de Instrumentos de Arco Júlio Cardona em 1999 e o 1.º lugar no Prémio Jovens Músicos, organizado pela RDP - Radio Difusão Portuguesa, em 2001. Enquanto solista, tocou acompanhado pela Orquestra Gulbenkian, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Norte, Orquestra Clássica do Centro, Orquestra de Câmara Portuguesa, Orquestra Clássica do Sul, Orquestra Clássica da Madeira e Orquestra XXI.

Bruno Borralhinho integrou a Orquestra de Jovens Gustav Mahler e a Orquestra Mundial das Juventudes Musicais, tendo ocupado o lugar de 1.º Violoncelo-Solista nesta última. Foi ainda membro da Academia da Staatskapelle Berlin entre 2004 e 2006, orquestra residente da Ópera Estatal de Berlim e estagiário na DSO - Deutsches Symphonie Orchester Berlin em 2003.

Ao longo da sua carreira, tocou em algumas das mais importantes salas de concerto por toda a Europa, Rússia, Estados Unidos, Canadá, Coreia do Sul, Japão e América do Sul, e trabalhou igualmente com conceituados maestros como Claudio Abbado, Daniel Barenboim, Franz Welser-Möst, Kurt Masur, Kent Nagano, Herbert Blomstedt, Christoph Eschenbach, Paavo Järvi e Andris Nelsons.

Ligações externas

The contents of this page are sourced from Wikipedia article on 16 Jun 2020. The contents are available under the CC BY-SA 4.0 license.
comments so far.
Comments
From our partners
Sponsored
Reference sources
References
http://www.brunoborralhinho.com
http://www.dresdnerphilharmonie.de
http://www.ensemble-mediterrain.com
https://www.jpc.de/jpcng/classic/detail/-/art/Bruno-Borralhinho-Pagina-Esquecida/hnum/5500900?lang=en
http://www.naxos.com/catalogue/item.asp?item_code=8.573461
http://www.dacapo.pt/sgc/DacapoMagazine/SubscriptionPlans/IMAGES/7258534c15308c5592d73cb20a2a02b1.jpg
http://www.naxos.com/person/Bruno_Borralhinho/122261.htm
http://www.violoncellofoundation.org/5thlcawinner.html
//www.worldcat.org/identities/containsVIAFID/171222732
https://viaf.org/viaf/171222732
https://catalogue.bnf.fr/ark:/12148/cb16592458m
https://www.discogs.com/artist/2930178
https://isni.org/isni/0000000120146646
https://id.loc.gov/authorities/no2011069385
https://musicbrainz.org/artist/02745b40-92b3-400d-a012-39a11526d61f
arrow-left arrow-right instagram whatsapp myspace quora soundcloud spotify tumblr vk website youtube pandora tunein iheart itunes